Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

O que acontece nos países onde o aborto é legalizado

O assunto do aborto é, possivelmente, a questão mais controversa sobre a saúde feminina. Enquanto alguns sustentam que é um atentado à vida, outros defendem sua legalização, argumentando que a decisão é exclusivamente da gestante.

Apesar da polêmica discussão ao seu redor, vários estudos indicam que legalizar a interrupção voluntária da gravidez, contrariamente ao que sustentam os segmentos “pró-vida”, não só não aumenta a taxa de abortos, mas a diminui ligeiramente. É possível que isso se deva ao fato de que os países que permitem a interrupção do aborto também investem mais em educação sexual e em garantir o acesso livre e gratuito a diversos métodos contraceptivos. 

Segundo as estatísticas mais recentes, em países em desenvolvimento, 37 gestantes em cada 1000 decidem terminar com sua gravidez, e na grande maioria desses países o aborto é ilegal. Já no primeiro mundo, onde em grande parte dos países o aborto é legalizado, este número é um pouco mais baixo: 34 mulheres abortam em cada 1000. Ainda que haja outras questões a serem levadas em conta na hora de tirar conclusões, o certo é que esses números podem trazer um pouco de calma e clareza na hora de discutir um assunto tão delicado. 


Não perca a nova temporada de PROJECT RUNWAY: ALL STARS - toda quinta, 21h30! 


Fonte: VIX  | Imagem: Carol Smiljan / Shutterstock.com