21:30 hs
BRING IT!
00:00 hs
DANCE MOMS
00:50 hs
BRING IT!
Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

Mulher se apaixona por doador de esperma 12 anos após ter dado à luz uma filha dele

A vida tem mesmo reviravoltas inacreditáveis. 

Quando, há mais de uma década, Jessica Share resolveu recorrer a um banco de esperma para engravidar jamais imaginaria que, dali a um tempo, conheceria e se apaixonaria pelo doador. 

Em 2006, Jessica deu à luz a uma menina. Na época, ela mantinha um relacionamento com outra mulher. 

As características do doador tinham de ser parecidas com a da esposa de Jessica na época: estatura e pesos medianos, cabelos castanhos, gosto por literatura e esportes. No banco, encontraram um que se identificava como escritor, músico e taxista. 

A inseminação foi feita em casa, e não foi fácil. Foram necessários sete meses até que os exames confirmassem a gravidez. Um tempo depois, nasceu Alice. 

Animadas, as mulheres resolveram fazer uma nova inseminação, com o mesmo doador, só que dessa vez a mulher de Jessica seria a mãe. Um ano e meio mais tarde, nascia a segunda filha do casal. 

Só que a vida das duas sofreria um revés. Quando Alice completou três anos, a esposa de Jessica resolveu se separar. Foi um período triste e confuso para Jessica. Mais tarde, sua ex resolveu cortar laços totalmente, e acabou separando as irmãs.

Recentemente, já adolescente, Alice pediu à sua avó um kit de DNA de presente. Os resultados chegaram oito semanas mais tarde e apontavam Aaron Long como provável pai da menina. 

Jessica fuçou as redes sociais em busca do Aaron Long certo – até que encontrou alguém que tinha exatamente as mesmas feições de suas filhas. Eles foram trocando mensagens até finalmente promoverem um encontro para que ele conhecesse sua filha biológica.

Na época, Jessica estava num relacionamento com outro homem. Mas o clima entre ela e Aaron começou a ficar mais intenso e, cheia de dúvidas e medos, Jessica resolveu dar uma chance! Para surpresa dela, o relacionamento engatou!

Hoje o casal vive junto em Seattle, nos EUA, inclusive com outros meios-irmãos de Alice  junto à família. 

“As famílias são construídas pelo amor, não pelos genes. Estar aberto a esse amor é o que acaba por formar uma família. Todo mundo pode ser acolhido e permanecer unido. Há espaço para muitos tipos diferentes de relacionamentos”, diz ela. 



Aproveite para rever a temporada mais recente de JANE THE VIRGIN. Toda quarta, a partir das 20h40, com dois episódios seguidos!

 


Fonte: G1 | Imagens: Jessica Share/arquivo pessoal