Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

Morre Karl Lagerfeld, o estilista-ícone da Chanel

Karl Lagerfeld, diretor de criação da Chanel e um dos estilistas mais icônicos da história da moda, morreu nesta terça-feira, 19, em Paris. 

Ele tinha 85 anos e deu entrada com urgência no hospital na segunda-feira, 18.  A causa da morte ainda não foi divulgada. 

A saúde do estilista vinha se deteriorado há algumas semanas. No desfile mais recente da Chanel, em janeiro, não fez a tradicional aparição ao final. Na ocasião, a empresa apenas justificou que ele andava cansado. 

Lagerfeld entrou pra valer no mundo da moda há 55 anos, em 1964, como designer da Chloé. Trabalhou para diversas outras marcas europeias e também em produções teatrais. Foi chamado para ser diretor artístico da Chanel em 1983 e desde então cuidava das coleções de alta-costura, prêt-à-porter e acessórios.

Um dos traços mais marcantes de sua personalidade eram os comentários ácidos. Lagerfeld já criticou o peso da cantora Adele (apesar de elogiar a voz), acusou a atriz Meryl Streep de ser paga para usar vestidos de outra marca e, mais recentemente, ameaçou abrir mão da cidadania alemã por odiar Angela Merkel. 

Uma das suas falas mais icônicas: "Elegância não tem a ver só com roupas. Se você é uma pessoa elegante, é elegante em jeans e camiseta. Se não é, fica vulgar em jeans e camiseta. É uma questão de atitude".


Fonte: G1 | Imagens: vipflash / Frederic Legrand – COMEO / Shutterstock.com