13:00 hs
BRING IT!
14:00 hs
JANE THE VIRGIN
15:00 hs
PROJECT RUNWAY
16:00 hs
JANE THE VIRGIN
Todos os horários+horarios
lifetime movies

Medos de mãe

Conforme nossos filhos vão crescendo, eles vão enfrentando uma infinidade de situações novas e frequentes “primeiras vezes”. A preparação para esses momentos, quando desconhecem totalmente o que vai acontecer, poderá causar neles sentimentos conflituosos: de um lado, um grande entusiasmo; de outro, angústia e medo.

Sejamos sinceras: na maioria dos casos, nós temos mais medos que eles! Não podemos evitar que nossa mente comece a divagar, pensando em todos os possíveis perigos aos quais nossos pequenos estarão expostos e criando fantasias criativas e peculiares (mais próximas dos filmes de terror e ficção científica que da realidade).

O exemplo clássico é o primeiro dia de aulas. Nova escola, novos professores, novos companheiros. Enquanto você o tranquiliza, dizendo que tudo vai dar certo, você pensa: “Tudo vai dar certo mesmo? Será que ele vai fazer amigos e não vai ser vítima de bullying? E se ele tirar notas ruins? Talvez na hora do recreio ele vá ao banheiro e fique trancado lá e, como é novo, não vão se dar conta de que ele não está. Pior ainda, ele pode se perder na escola! Esse antigo edifício deve estar cheio de esconderijos... Espero que eles não desabem...”

Quando você para de delirar, percebe que seu filho está te olhando com um sorriso cheio de expectativa (um pouco confuso com sua atitude de ausência) e impaciente para viver essa nova experiência.

Como se costuma dizer, o importante é encontrar um equilíbrio: nosso filho saber de todos os nossos receios pode ser muito prejudicial para ele, fazê-lo se sentir desprotegido e lhe causar medos que ele não tinha antes. Mas também não é uma questão de deixá-lo à mercê do desconhecido, sem tomar qualquer tipo de precaução.

Devemos ajudá-lo, com paciência, para que vá criando seu próprio discernimento das coisas: quais situações são perigosas, de onde e de quem ele deve se afastar e ter cuidado. Sem medo, mas com atenção. Dessa forma, aperfeiçoaremos também nosso discernimento, entendendo quais advertências podem ajudá-lo e quais são descabidas, aprendendo em que momentos eles precisam de nossa companhia e quando são capazes de cuidar de si mesmo.

Qual foi o medo mais estranho que você sentiu em relação aos seus filhos? Se quiser saber como uma mãe enfrenta seus medos quando estes se tornam realidade, não perca “Roleta Russa”, QUARTA E QUINTA às 22h30.