Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

Joan Clarke, a mulher que ajudou a decifrar o código secreto dos nazistas

A britânica Joan Clarke, matemática e criptoanalista, foi a única mulher admitida no seleto grupo de especialistas que conseguiu decifrar o Código Enigma, utilizado pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Sob o comando de Alan Turing, essa equipe de especialistas teve um papel decisivo no triunfo das tropas aliadas.

Diferentemente das aproximadamente 8 mil mulheres que trabalharam em Bletchley Park, Clarke não teve um cargo de auxiliar, secretária ou telefonista. Seu trabalho como criptoanalista foi uma verdadeira exceção à regra, ainda que nunca tenha tido o mesmo tratamento dado a seus companheiros homens da divisão Hut 8, e seu salário tenha sido comparativamente menor. 

Ela foi tão diferenciada dos homens que seu trabalho, indispensável para conquistar o objetivo, permaneceu escondido. Durante essa última década, principalmente por conta da estreia do filme “O Jogo da Imitação”, em 2015, seu papel foi massivamente conhecido e ela recebeu a relevância que sempre mereceu.

Nascida em Londres, em 1917, Clarke se destacou desde a escola. Seu desempenho lhe valeu uma bolsa de estudos na Universidade de Cambridge, na qual se graduou com dois títulos em Matemática. Seu professor de Geometria, Gordon Welchman, a convocou ao trabalho em Bletchley Park para a Escola Governamental de Cifras e Códigos (GCCS). 

O principal objetivo da GCCS foi decifrar o código que a máquina Enigma utilizava, empregada pelos nazistas para intercambiar informações secretas. Clarke foi incorporada à equipe em 1940 como uma assistente, mas pouco tempo depois foi recrutada pela seção Hut 8, onde começou uma relação de amizade com Alan Turing. 

O trabalho de Joan Clarke e seus companheiros de equipe foi determinante para conseguir decifrar as mensagens que os alemães trocavam diariamente. Vale lembrar que seu papel foi decisivo na vitória dos aliados. Após receber a Ordem do Império Britânico, em 1947, ela sempre manteve uma distância dos holofotes. Faleceu em 1996, em Oxfordshire. 


Não perca os episódios finais de PROJECT RUNWAY -  quinta, 21h30


Fonte: Infobae