Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

É fato: estamos perdendo a vontade de fazer sexo!

Diversas pesquisas realizadas no mundo revelam um dado preocupante: estamos  perdendo a vontade de fazer sexo!

Um estudo da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, revelou que até 1990, casais com idades entre 16 e 64 anos faziam sexo pelo menos cinco vezes por mês. Esse número caiu quase pela metade em 20 anos e, se continuar nesse passo, até 2030 pouca gente irá fazer sexo no planeta. 

Entre as mulheres, esse problema não é novo. Há décadas, elas lotam  os consultórios dos especialistas queixando-se da total falta de vontade de fazer sexo. A novidade é que a onda tomou conta também dos homens. 

Um estudo publicado na revista The Journal of Sexual Medicine mostra que o desejo sexual masculino diminuiu consideravelmente  – justo entre eles que, historicamente, têm mais propensão a buscar uma vida sexual mais pulsante. 

Entre a população de homens entre 18 e 93 anos, a proporção de indivíduos sexualmente ativos caiu de 81% para 73%. 

A falta de desejo cresceu cinco ponto percentuais , passando de 8% para 13%.  O caso é mais comum entre jovens e homens de meia idade. 

Hoje, a falta de desejo é o segundo motivo que leva os homens aos consultórios médicos. O primeiro é ainda a ejaculação precoce. 

Para homens e mulheres, este é “um impulso que está em vias de extinção. As pessoas têm cada vez menos fantasias. Talvez porque já não precisam tê-las num mundo hipersexualizado, onde as imagens pornográficas mais extremas estão disponíveis com uma simples conexão à Internet. Tivemos tamanha overdose de estímulos visuais que já nos tornamos insensíveis a eles, e devemos procurar outros novos”, afirma Francisca Molero, sexóloga, ginecologista, diretora do Instituto Clínico de Sexologia de Barcelona, do Instituto Ibero-Americano de Sexologia e presidenta da Federação Espanhola de Sociedades de Sexologia. 


Você toparia casar com alguém que nunca viu? CASAMENTO À PRIMEIRA VISTA - toda terça, 21h20!


Fonte: El País