Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

Casamento inusitado na maternidade: a poucas horas de dar à luz, mulher oficializa matrimônio de casal na mesma situação

Quando Sushma Dwivedi Jindal, de 37 anos, deu entrada numa maternidade em Nova York para ter seu bebê, jamais imaginou que viveria um dos momentos mais singulares de sua vida. 

Enquanto recebia a injeção peridural, para amenizar as dores do parto, Sushma comentou com seu anestesiologista que tinha visto um tumulto nos corredores:  um grupo estava à procura do capelão que trabalha no hospital. 

O motivo da correria: um casal que já vivia junto há dez anos resolveu que queria oficializar o relacionamento antes da chegada do bebê, que estava para nascer. Eles haviam planejado a festa de casamento para dali a uns dias, mas a mulher entrou em trabalho de parto duas semanas antes do previsto. 

Em meio à confusão, o casal descobriu que o capelão não tinha autorização oficial para formalizar casamentos.   

Foi então que Sushma teve um estalo: ela havia se ordenado ministra de casamento pela internet (isso é possível nos EUA) quatro anos atrás e se propôs a celebrar a cerimônia! 

O médico, meio surpreso, respondeu: “Legal a sua oferta, mas com certeza eles vão querer casar na capela”. 

Minutos mais tarde, um outro médico entra na sala e pergunta a Sushma: “eu ouvi dizer que você celebra casamentos?”. 

A mulher não pensou duas vezes: “Vamos lá!”, disse ao médico. Detalhe: já passava da meia noite! 

Médicos e enfermeiras se apressaram para preparar o espaço para as bodas. Um trouxe flores, outra fez tranças no cabelo da noiva, Brianna Doyle, de 28 anos, outra fez uma coroa florida. Teve até poema. 

Para o noivo, Casey Walko, 30, uma gravata feita de fraldas. 

Brianna não conseguia acreditar que sua vontade se realizaria. “Quando a enfermeira disse que havia outra mulher em trabalho de parto que poderia nos casar, eu disse: você está brincando com minha cara”, diz ela. 

Como Sushma já não sentia as pernas por causa da anestesia, o casamento teve que ser na própria sala de parto, com ela deitada na maca. A bolsa de Brianna há havia estourado. 

O casal entrou na sala de Sushma como se entrasse numa igreja, de braços dados, sob o som da marcha nupcial (que alguém tocou no celular). 

“Bem-vindos ao casamento mais inusitado já realizado”, anunciou Sushma. 

A cerimônia se seguiu dentro dos conformes. Poucas horas depois, o bebê de Sushma, Nayan (um menino!), veio ao mundo.  Horas mais tarde, Riley, filho de Brianna e Casey, também deu as caras. 


Você toparia casar com alguém que nunca viu? CASAMENTO À PRIMEIRA VISTA - toda terça, 22h50!


Fonte: Washington Post  | Imagens: Arquivo pessoal/Cortesia