Todos os horários+horarios
Assédio Sexual

Atriz de Mulher Maravilha exige que produtor acusado de assédio fique fora do próximo filme

Não perca a nova temporada de  JANE THE VIRGIN. TODA QUARTA, às 21h10.

 

 

Gal Gadot, atriz que deu vida à Mulher Maravilha, fez o que sua personagem com certeza faria: bateu o pé e exigiu que o produtor Brett Ratner, acusado de assédio sexual, ficasse de fora da próxima sequência do filme. 

A atriz foi firme em seu propósito e deixou bem claro: abandonaria o papel caso o produtor continuasse escalado para a continuação do longa, que tem estreia prevista para o fim de 2019.

Com isso, Ratner acabou dispensado da produção do filme.

Ele recebeu recentemente seis acusações de assédio sexual no trabalho, inclusive por parte das atrizes Olivia Munn, Natasha Henstridge e Ellen Page. Em outubro, Gal havia cancelado participação em uma cerimônia de homenagem ao produtor.

Entre os relatos que vieram a público, alguns chamam bastante a atenção. Ratner costumava, por exemplo, se masturbar na frente das atrizes, fazia comentários ofensivos de teor sexual em público e até forçava algumas colegas a praticar sexo oral. 

A Warner Bros também deixou de renovar os contratos de produção com a empresa de Ratner. 

 


Fonte: Estadão 

Imagem: Shutterstock